Não aceitava separação: Mulher condenada pela morte de PM é presa

Homem morto durante confronto com policiais civis era dono de pitbull que atacou cães na Barra

Uma mulher foi presa na quarta-feira (8), no bairro de Tancredo Neves, em Salvador, pelo assassinato do companheiro, o policial militar Fábio Nascimento Cintra. O crime aconteceu em 2011, mas ela estava foragida desde junho do ano passado, quando o mandado de prisão foi expedido.

De acordo com informações da Polícia Civil, investigações da 2ª Delegacia de Homicídios (DH/Central) mostraram que o PM foi surpreendido pela então companheira, que não teve a identidade revelada, quando saía de casa, no bairro de Tancredo Neves. 

“Contrariada pela decisão da vítima em se separar, a mulher efetuou disparos de arma de fogo que acabaram atingindo fatalmente Fabio”, informou a diretora do Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro.

A prisão foi a 39ª no âmbito da Operação Argus. Segundo a delegada, a aplicação de recursos tecnológicos auxiliou na localização da suspeita, no entanto, eles não foram detalhados. 

Com o cumprimento da ordem de prisão, expedida pelo 2º Juízo da 1ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Salvador, a mulher fez exame de corpo de delito e foi encaminhada à Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter), onde está à disposição da Justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui