Volume de chuvas em março de 2023 supera a média histórica

FOTO: Redes Sociais

Ao longo do mês de março choveu 150,2 mm, aproximadamente 2% a mais do esperado para o mês (normal climatológica) que é de 147,3 mm, segundo dados da estação de referência Ondina (Inmet).

A transição da estação do Verão para o Outono, ocorrida em março, teve a atuação de vários sistemas meteorológicos, que causaram chuvas, foram eles: Alta Subtropical do Atlântico Sul (ASAS), que intensificou os ventos úmidos provenientes do oceano Atlântico, Sistemas de Baixa Pressão (Cavado) e Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN).

Os maiores acumulados de chuva registrados pelas estações monitoradas pela Defesa Civil de Salvador/Cemadec superaram em mais de 100% a normal climatológica (147,3 mm), sendo elas: Rio Sena (369,9 mm), Fazenda Coutos (331,8 mm) e Valéria (317,7 mm).

As informações são do Centro de Monitoramento de Alerta e Alarme da Defesa Civil de Salvador (Cemadec).

Isso porque a chuva voltou a cair na manhã desta terça-feira (4), em Salvador. Segunda a CODESAL, a previsão é de céu nublado com chuvas fracas a moderadas e há riscos para deslizamento de terras. Os maiores índices pluviométricos em 24h (atualizados às 05h) em Mussurunga(29,4mm), Mirante de Periperi (18,2mm), Itapuã (16,0mm), Cajazeiras VII (14,6mm) e Nova Esperança (13,6mm).

A previsão para está quarta-feira (5), ainda é de tempo nublado e de muita chuva, segundo o órgão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui